Evitar tempo perdido em congestionamento e reduzir o orçamento com hotéis e transporte é o desejo de grande parte das organizações. No poder judiciário isso não é diferente e o uso da  videoconferência   já vem se tornando uma prática comum.

Além de agilizar os trâmites burocráticos e reduzir as horas no trânsito, o uso de videoconferência em audiências ainda é indicado para aumentar a proteção dos participantes. Medida totalmente sensata, dependendo do grau de periculosidade do acusado.

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, por exemplo, já utiliza os recursos de alta definição de áudio e vídeo em audiências. Em 2014, ocorreu um grande marco para o segmento: a realização da videoconferência simultânea, envolvendo quatro réus, presos em três penitenciárias de cidades distintas, fora do RJ. Na época, foi considerada uma das maiores audiências com o uso da tecnologia da história do país

Uma das grandes vantagens do uso do sistema de videoconferência é a possibilidade de gravar as sessões com qualidade digital, o que permite que as cenas sejam assistidas futuramente pelos interessados como juízes, advogados e etc.

Cuidados necessários para que tudo dê certo

Entretanto, para que não ocorra nenhum problema durante a transmissão da audiência é importante planejar minuciosamente o projeto. O fornecedor responsável pela concepção do projeto e implementação da tecnologia deve:

# ainda na fase de planejamento, participar de alguns eventos no local para entender a dinâmica das audiências;

# avaliar se há a necessidade de integração com a telefonia ou outros sistemas;

# observar se as sessões ocorrem simultaneamente em mais de uma sala;

# entender o nível de privacidade que é preciso em cada local;

# mapear como deve ocorrer a projeção da vídeo e a captação e distribuição de áudio, entre outros cuidados.

Com essas informações apuradas, ele tem condições de desenvolver um projeto sob medida que atenda a necessidade do órgão.

De olho na lei

No ano passado, o novo Código de Processo Civil (Lei nº 13.105/2015) consolidou a videoconferência no cenário jurídico, atestando a legalidade e a segurança do uso do recurso em audiências.

Portanto, não perca mais tempo. Informe-se sobre a melhor maneira de modernizar a realização da audiência e agilize os processos.

{{cta(‘b23d2ec1-7843-4de4-93aa-0a56834dfcf9’)}}

comunicacao unificada

2020 © Seal Telecom