O ritmo acelerado na implementação de recursos tecnológicos nas mais diversas áreas e processos, têm levado empresas e cidades a estruturarem também suas soluções de segurança, tendo como foco aumentar a proteção de patrimônios, colaboradores e cidadãos. 

Ano a ano surgem novas soluções, como é o caso da utilização de diferentes tecnologias disruptivas no videomonitoramento

Essas ferramentas auxiliam no trabalho diário de equipes de segurança, trazendo agilidade, visão ampliada dos mais variados eventos e outras vantagens, as quais se resumem em novos níveis de inteligência e sustentabilidade para empresas e municípios. 

As principais tendências para videomonitoramento empresarial

As técnicas de monitoramento e gerenciamento de eventos de segurança estão se tornando cada vez mais eficientes, transformando a forma como este processo é realizado pelas iniciativas pública e privada. 

Nesse sentido, é importante que as organizações conheçam as últimas tendências para o mercado de videomonitoramento, capazes de se transformar em possibilidades na operação. São elas:

Inteligência artificial

A inteligência artificial (IA) vai além da simples reprodução de imagens, pois recebem e organizam dados 24 horas por dia, conforme parâmetros estabelecidos pelos usuários. Além disso, é possível registrar e aprender novos padrões através do machine learning. 

Nos equipamentos de videomonitoramento, a IA capta e refina os dados, notificando operadores apenas quando as ocorrências são registradas. Assim, não há perda de tempo, mas sim um ganho em eficiência e agilidade. 

Entre as vantagens de usar a IA para o videomonitoramento estão o aperfeiçoamento do trabalho das equipes, análises mais precisas, facilidade na tomada de ações preventivas e monitoramento constante, baseado em “eventos”. 

Armazenamento em nuvem

Mobilidade, segurança e agilidade. Estes são apenas alguns diferenciais de utilizar a nuvem para o armazenamento de arquivos. Com eles na internet, é possível que diversos responsáveis os acessem em qualquer lugar do mundo, desde que estejam conectados.

Além disso, existe a possibilidade de programar os backups. Para as equipes de segurança este é um diferencial importante, já que não precisam se recordar, a todo o tempo, de salvar as imagens do videomonitoramento. Isso sem contar que se dispensa o uso do espaço físico da infraestrutura do CFTV.

IoT

A internet das coisas (IoT) traz mais possibilidades para o setor, com aplicativos em rápida expansão para dispositivos e sistemas de segurança. É possível, por exemplo, fazer o monitoramento da localização de objetos e pessoas dentro dos mais diversos ambientes. 

Há também o uso de MDVR’s e Dashcams para o videomonitoramento, uma solução importante para evitar acidentes. Elas estão sendo muito utilizadas junto com sensores DMS e ADAS, que servem para monitorar motoristas e emitir alertas de fadiga, de distrações, não utilização do cinto de segurança e outros. 

Os sensores também auxiliam em avisos sobre a rodovia, de forma a minimizar o risco de colisões de veículos com pedestres e outros carros, por exemplo. 

Economia de recursos

A sustentabilidade também é uma tendência relacionada ao videomonitoramento. Produtos com baixo consumo de energia, por exemplo, tem se tornado as opções preferidas das organizações, além de a demanda por câmeras movidas a energia solar estar constantemente aumentando. 

A importância da cibersegurança para o videomonitoramento

Não tem como falar de videomonitoramento sem citar a cibersegurança. Nesse contexto, a Cyber IA pode auxiliar amplamente, permitindo que as equipes de segurança respondam mais rápido aos ciberataques e, mais do que isso, antecipem essas mudanças e ajam com antecedência.

Além disso, é importante implementar os serviços de cibersegurança aos endpoints, ou seja, os dispositivos finais que se conectam fisicamente em uma rede. Eles podem ser computadores, smartphones, tablets, servidores e dispositivos associados à IoT. 

As soluções de segurança, neste caso, consistem em filtragem web, antivírus, firewalls e outros recursos que protegem dados e evitam uma série de ataques cibernéticos. 

As soluções da Seal Telecom para videomonitoramento e segurança

A Seal Telecom possui vasta expertise na aplicação de várias tecnologias em segurança integradas, somando cases de sucesso já consolidados no mercado.

Um deles é o Projeto de Videomonitoramento no Terminal de Contêineres Paranaguá (TCP), com diferentes desafios a serem superados.

Foram utilizadas câmeras de segurança de última geração, sendo cerca de 400 delas para monitorar em tempo real pátios, armazéns e ruas entre blocos de contêineres. Os equipamentos, dotados de infravermelho e resolução 4K, também ajudam na fiscalização de todas as cargas pela Receita Federal. 

Outro grande projeto foi o Videomonitoramento instalado em Guaratinguetá/SP, através da concepção de cerco digital. Foram instalados 36 km de fibra óptica no perímetro urbano e também 40 câmeras do tipo Speed Dome, com alta resolução e pan-tilt zoom. 

Também foram implementados sete portais de leituras de placas nas entradas da cidade, fazendo um cerco digital. Todo veículo que entra e sai do município é cadastrado no banco de dados. Caso haja uma emergência relacionada a cada um deles, a Polícia Militar é acionada. Com isso, houve a redução de furtos, assaltos e outros crimes.

Em estabelecimentos, empresas ou indústrias, por onde circulam milhares de pessoas diariamente é indispensável que haja um serviço de segurança de qualidade.

As avançadas tecnologias disponíveis atualmente contribuem para a criação de soluções eficazes e integradas com todos os sistemas e sensores de monitoramento e segurança, aplicando regras de alarmes e procedimentos de atuação, que serão traduzidos como um investimento em conforto e fidelização para com os clientes.

Para saber como desenvolver um projeto de segurança único para o seu negócio, entre em contato conosco.

Deixe aqui seu comentário:

2020 © Seal Telecom