A tecnologia se tornou um fator determinante para o mundo corporativo no cenário atual, principalmente para oferecer produtos e serviços de qualidade e, consequentemente, atrair o público. 

Com a transformação digital constante, contar com equipamentos inovadores ajuda as empresas de qualquer segmento a se manterem competitivas e operantes no mercado. Nesse cenário, um Provedor de Serviços Gerenciados (MSP) entra como parceiro, apoiando as organizações a estarem sempre conectadas com o que há de mais novo no mundo digital para integrar dispositivos, sistemas e aplicações. 

Um MSP, no fim das contas, se torna um parceiro de negócios, um colaborador vital que garante o sucesso de todas as atividades.

Portanto, engana-se quem pensa que basta escolher uma prestadora de serviços qualquer. Essa é uma decisão que deve ser feita com calma e considerando diversos fatores. 

O que é um Provedor de Serviços Gerenciados

Do termo em inglês Managed Service Provider, MSP significa Provedor de Serviços Gerenciados. De maneira resumida, se trata de companhias especializadas na implantação de diversas tecnologias. Isso quer dizer que uma empresa pode contratar uma MSP para prover soluções automatizadas para gerenciamento de operações de rede, infraestrutura de sistemas e softwares, cibersegurança, proteção de dados, suporte de usuário, além de telecomunicações, áudio e vídeo, automação e segurança eletrônica.

5 fatores a serem avaliados ao escolher o MSP ideal para o seu negócio

Escolher um Provedor de Serviços Gerenciados é uma tarefa importante que envolve principalmente o fato de entender as necessidades reais desse tipo de serviço na empresa, e encontrar um parceiro que atenda a todas elas com qualidade e excelência.

Para garantir uma boa escolha, há 5 fatores principais que devem ser avaliados:

  1. Conhecimento técnico e experiência comprovada

A partir do momento em que surge a necessidade de um MSP, é essencial que a empresa procure um parceiro que tenha bom conhecimento técnico e ofereça um ótimo serviço. Pedir indicações para outros parceiros pode ser uma boa ideia, mas caso a intenção seja encontrar um Provedor de Serviços Gerenciados “do zero”, considerar questões como suporte, meios de comunicação e tempo de resolução de problemas é essencial.

  1. Suporte proativo

Se tratando de suporte, é preciso considerar como funciona o trabalho da contratada para detectar e tratar problemas antes mesmo que aconteçam. Exatamente, um parceiro de TI precisa ser proativo, estando sempre atento a possíveis ameaças. Quando o problema se estabelece, tempo e recursos humanos acabam se perdendo, o que pode comprometer toda a operação.

  1. Flexibilidade e escalabilidade

Cada empresa tem sua realidade e suas necessidades, por isso soluções padronizadas não funcionam. É preciso encontrar um MSP que ofereça flexibilidade e serviços personalizados, adequando-se exatamente ao que cada companhia exige. Além disso, a escalabilidade garante que os serviços não ficarão defasados no caso de expansões.

  1. Transparência e segurança

Para saber mais sobre a atuação de um possível Provedor de Serviços Gerenciados, é importante fazer perguntas. É assim que se garantem dois fatores essenciais: transparência e segurança, a base de qualquer relacionamento corporativo de sucesso. Vale também expor situações desafiadoras e saber quais soluções seriam possíveis.

  1. Planejamento estratégico

Por fim, um bom MSP oferece um pacote de serviços que atende cada empresa de maneira personalizada. É possível escolher entre pacotes completos, por dispositivo ou por usuário – e é através do planejamento estratégico que isso será definido, chegando ao que se adequa exatamente a cada necessidade.

Quais os benefícios de contar com um Provedor de Serviços Gerenciados

Quando se tem um parceiro especializado cuidando das questões de TI, a empresa fica livre para focar em seu core business e oferecer melhores produtos e serviços aos seus clientes. 

Além disso, há outros benefícios de contar com um Provedor de Serviços Gerenciados:

  • Redução de custos: redução considerável nos custos de equipamentos e pessoal, mantendo a qualidade e a competitividade sem altos investimentos.
  • Gestão inteligente dos ativos: é o próprio Provedor de Serviços Gerenciados que faz a gestão dos ativos, organizando-os de maneira a atender as necessidades da empresa contratante. Isso agrega tecnologia de ponta e mais eficiência.
  • Antecipação de falhas: também há ganho de tempo com antecipação de falhas. O acompanhamento próximo ajuda a cuidar de ameaças antes que virem grandes problemas, impactando negativamente a rotina da empresa.

Seal Telecom como um Provedor de Serviços Gerenciados: inovação e gestão corporativa inteligente

O Provedor de Serviços Gerenciados precisa ser escolhido com atenção, principalmente pelos impactos que pode gerar em uma empresa. Fatores como conhecimento técnico, experiência, suporte, flexibilidade, escalabilidade, transparência, segurança e planejamento estratégico são essenciais para garantir uma boa escolha e uma relação lucrativa para todos os envolvidos.

A Seal Telecom, do grupo Convergint, une essas características a uma cobertura completa – de ponta a ponta – para empresas de qualquer segmento, gerenciando com excelência cada periférico e agindo sempre de forma preditiva, com atendimento personalizado e profissionais especializados.

Na Seal, entendemos que a área de tecnologia deve focar 100% no Core Business da empresa para adicionar valor e não para atuar em atividades diárias que não trazem benefícios.

Para saber mais sobre os serviços, fale conosco e solicite o contato de um especialista.

Deixe aqui seu comentário:

2020 © Seal Telecom