Um Centro de Controle Operacional (CCO) é uma opção vantajosa para que empresas e órgãos públicos tenham uma tomada de decisão facilitada em muitas áreas, bem como reduzam custos e otimizem processos do dia a dia. Essa infraestrutura integra o monitoramento de toda a operação, a partir de tecnologias como sistemas de áudio e vídeo, redes e iluminação, além de  equipamentos como celular, rádio e telefone. 

Por se tratar de um setor estratégico, o qual faz o monitoramento, gerenciamento e controle de todos os processos ao mesmo tempo, precisa ser projetado com a máxima segurança e eficiência. 

Nesse contexto, é fundamental que haja um planejamento bem estruturado e  baseado em soluções robustas que funcionem 24x7x365 com alto desempenho. Mas por onde começar? 

O que levar em consideração ao contratar um Centro de Controle Operacional

Os Centros de Controle Operacionais são utilizados para melhorar a eficiência logística, o desempenho de processos, reduzir gargalos e otimizar recursos. Entretanto, para que tragam todos os benefícios possíveis para as empresas, devem atender suas necessidades específicas. 

Pensando nisso, listamos algumas questões a serem consideradas no momento de contratar a solução. São elas:

O que o CCO vai monitorar?

A primeira etapa para uma decisão assertiva sobre a contratação de um Centro de Controle Operacional é listar quais as demandas e finalidades da organização. Para essas, há diversas possibilidades, como o gerenciamento de ativos, monitoramento de sistemas de telecomunicação e também para segurança.

Nessa última frente, o CCO é utilizado no videomonitoramento sendo útil não só para empresas, como também para municípios.


Tenho estrutura para ter o Centro de Controle Operacional in loco?

Os CCOs são compostos por equipamentos como computadores, monitores, TVs, mesas e cadeiras. Além disso, são utilizados sistemas de áudio e vídeo, integrados à uma conexão rápida e robusta com a internet. Nesse sentido, a empresa deve se perguntar se dispõe de espaço e infraestrutura de hardwares e softwares para esse objetivo. 

Tenho uma equipe especializada para o monitoramento e acompanhamento das informações no CCO?

Tão importante quanto utilizar os equipamentos adequados é contar com um time qualificado para realizar as ações de gestão e monitoramento das operações. Isso significa que, ao optarem por uma estrutura in loco, as organizações devem se preocupar com a contratação de profissionais habilitados para a função.

Combinando todas essas respostas às análises internas da estrutura física e humana, os negócios podem chegar à seguinte conclusão: 

É necessário ter a estrutura para monitoramento próprio ou é possível terceirizar?

Uma das decisões mais importantes relacionadas a um Centro de Controle Operacional é se a organização irá investir em estrutura física e colaboradores próprios, ou se irá contratar fornecedores especializados. Cada formato possui vantagens e desvantagens, cabendo aos gestores optarem por aquele que será mais benéfico para a operação como um todo. 

Nesse sentido, é importante frisar que, ao fazerem essa avaliação, as empresas devem considerar o espaço físico, o orçamento a ser disponibilizado, os custos com infraestrutura e equipe, as funções a serem executadas pelos colaboradores, entre outros fatores que apontem para a alternativa mais assertiva.

Por que investir em um Centro de Controle Operacional?

Agora que você já sabe quais aspectos ponderar antes de adotar um CCO para o seu negócio, pode estar se perguntando se o investimento vale a pena. Pensando nisso, listamos os principais benefícios:

  • Monitoramento em tempo real;
  • Integração dos processos de gerenciamento;
  • Utilização de tecnologias que poupam tempo e dinheiro;
  • Facilidade na tomada de decisão em casos extremos; e
  • Otimização operacional.

Além de se tratar de uma estratégia que certamente rende frutos a médio e longo prazo, ainda pode se tornar um diferencial competitivo em relação à eficiência da gestão e otimização da operação. 

Conheça o Centro de Controle Operacional da Seal Telecom

A Seal Telecom, multinacional brasileira de engenharia de projetos, com mais de 15 filiais em toda a América Latina, possui um Centro de Comando e Controle que oferece serviços gerenciados a todos os clientes. 

As soluções incluem o videomonitoramento remoto com ronda virtual, sistemas de ar condicionado e climatização, gerenciamento de elétrica e iluminação, bem como ativos e sistemas de infraestrutura de telecomunicações.

Todos os nossos processos são baseados em sistemas de gestão de qualidade ISO 9001. Além disso, oferecemos suporte remoto e presencial, trabalhamos 24×7 e disponibilizamos um técnico para o site do cliente em até uma hora, nas principais cidades da América Latina. 


Entre os cases da empresa estão o projeto de videomonitoramento de ERBS da Vivo, o monitoramento de links dedicados do Spotify e videomonitoramento de segurança para a Prefeitura de Guaratinguetá.

Para saber mais sobre os serviços do Centro de Controle Operacional da Seal Telecom, faça uma consulta com um de nossos especialistas.

seguranca

Deixe aqui seu comentário:

2020 © Seal Telecom