O 5G, quinta geração de dados, tem gerado altas expectativas de mudanças organizacionais para os próximos anos. O motivo é que essa tecnologia possui velocidade e capacidade mais altas que as anteriores, na mesma medida em que a latência (tempo entre o envio de uma determinada informação e a resposta correspondente) é muito menor. 

As redes 5G funcionam por meio de ondas de rádio, assim como as outras redes móveis. Entretanto, o espectro coberto é significativamente maior, o que permite entregar soluções de conectividade de acordo com os requisitos necessários, como velocidade e cobertura, da região de aplicação. 

Segundo uma pesquisa de  fornecedores que já estão realizando testes das redes móveis de 5ª geração, a expectativa é de que até 2025, 58% da população tenha acesso ao recurso. 

Confira as características dessa tendência que em breve se tornará realidade e de que forma impactará os negócios!

4G x 5G: o que muda entre a quarta e a quinta geração de dados

Para quem tem dúvidas sobre o conceito, 5G é a geração de dados que reúne os avanços do 2G, 3G, 4G e Wi-fi. Essas, a cada década, foram evoluindo conforme o crescimento exponencial da demanda e expectativa por dados móveis.

Na prática, a quinta geração de dados otimiza a velocidade de navegação de dispositivos móveis, como os smartphones, na mesma medida em que reduz a latência. 

Com relação ao 4G, que já contém velocidade e qualidade de conexão adequadas para as principais aplicações do dia a dia, a tecnologia 5G trará uma confiabilidade nunca vista. Para se ter uma ideia, possui uma velocidade 20 vezes maior do que a quarta geração de dados, possibilitando concorrer com a banda larga fixa.

Um ponto importante é o fato do 5G contribuir diretamente com a intensificação da Internet das Coisas (IoT). Isso porque, com o recurso, inúmeros dispositivos poderão se intercomunicar, o que revolucionará hábitos e comportamentos de indivíduos, bem como a operação das empresas.  

O impacto do 5G nos negócios

Quando a tecnologia 5G chegar de fato, todas as áreas de negócios serão impactadas. Essa será um divisor de águas no que diz respeito à integração entre humanos e máquinas, impulsionando a criatividade, a inteligência e os resultados das organizações. 

Veja alguns segmentos que sentirão as mudanças:

Telefonia

Com videoconferências e outros recursos de áudio e vídeo cada vez mais estáveis e profissionais, será possível às companhias do mundo todo implementarem o trabalho remoto ou home office, aumentando também as possibilidades de relacionamento com clientes e parceiros.

Saúde

A área da saúde deve ser uma das mais impactadas pela chegada do 5G. Isso se aplica a processos como a telemedicina,  atendimentos emergenciais à longa distância e reuniões entre especialistas para discussão de casos,  por exemplo. 

Os benefícios envolvem o aumento da velocidade de diagnósticos, a possibilidade para a abertura de centrais de atendimento remoto em regiões desfavorecidas,  a criação de aplicativos para médicos e pacientes, entre outros. 

Ensino

No setor de educação, a tecnologia 5G poderá promover uma série de diferenciais. Entre eles estão o aumento das videoconferências para aulas remotas, as quais serão mais confiáveis e seguras, a ampliação do ensino à distância e a promoção do ensino em regiões onde escolas, universidades e cursos são escassos. 

Governo

O 5G também beneficiará Governos e órgãos públicos. Na área da segurança, por exemplo, as prefeituras poderão investir em câmeras de monitoramento mais eficientes e baratas do que as atuais. 

Já em relação à infraestrutura, será possível gerenciar diversas atividades com mais rapidez e assertividade, como é o caso das companhias de energia elétrica. Essas poderão, por exemplo, detectar falhas no fornecimento de energia ou rastrear o uso de recursos remotamente. 

Agricultura

Com o estabelecimento da quinta geração de dados, o setor de agronegócio obterá um aumento considerável na estabilidade e velocidade de conexão. Tudo isso se refletirá em mais produtividade e lucratividade. 

Na prática, a agricultura obterá vantagens no entendimento do solo e controle de crescimento de plantas, acesso a dados em tempo real, implantação de estruturas de controle com IoT e redução de custos operacionais. 

Manufatura

Além de uma conexão mais rápida e com menos latência com relação ao 4G, a quinta geração de dados irá favorecer as indústrias a partir da multiconexão entre pessoas, equipamentos e aplicações, com focos principais em expandir os dispositivos de IoT. 

Transporte

O setor de transportes passará por uma verdadeira revolução com a tecnologia 5G. Entre os avanços estão a otimização dos processos logísticos, como rastreamento de frotas, bem como inovações de IoT que trarão atualizações em tempo real. Além disso, veículos autônomos que transportarão passageiros sem a necessidade de motorista também poderão ser vistos.

Esses são apenas alguns dos segmentos que serão beneficiados pelo 5G em pouco tempo. No Brasil, o recurso deve chegar em 2022. Todavia, as empresas já devem começar a planejar as inovações que poderão ser feitas, de forma a otimizarem os resultados ao longo dos próximos anos. Para saber mais sobre esse e outros assuntos relacionados, acompanhe o blog da Seal Telecom ou fale com nossos especialistas.

Deixe aqui seu comentário:

2020 © Seal Telecom